Chegamos a mais um fim de ano.  2019 passou e com ele levou pessoas, empresas, saúde e paz. Um ano conturbado, uma crise desenfreada que abalou a todos. Fumetas, lojistas, distribuidores, fabricantes…seres humanos e no último caso nem só no nosso ramo, mas no mundo todo e em todas as áreas, ou seja, todos foram atingidos de alguma maneira.

Vimos um projeto de lei ser aprovado na Câmara e que se aprovado no Senado pode acabar com toda a história que construímos juntos.

Vimos o dólar subir e chegar a cotação recorde.

Vimos famosos morrerem, serem presos, serem soltos, serem acusados, absolvidos e a política ir a níveis nunca vistos.

Porém, acredito que toda coisa/fase ruim vem para ensinar a valorizar ainda mais as coisas/fases boas. Vem para limpar quem fez mal aos outros e calar os faladores, para mostrar a verdade de uma série de falácias e derrubar a máscara dos pilantras.

Poderia ficar horas ou edições inteiras escrevendo e dando nome aos bois, apontando quase que com apoio de todos, os safados que prejudicam o nosso mercado, o nosso hobby! Quando digo safados, estou falando do fumeta que pendura a conta na tabacaria por pura pilantragem ao fabricante que fica devendo aos fornecedores de matéria prima. Do “canal” que compra views, do “canal” mercenário que só está onde está porque não honra a palavra e se vende por qualquer trocado a mais na “negociação”! Uso as aspas em algumas palavras para enaltecer que quem faz esse tipo de coisa nada mais é do que mentiroso, estelionatário, golpista e safado.

Muitas vezes as pessoas tentam defender esse tipo de gente dizendo que se fez, é porque teve seu motivo, mas não enxergam o lado do prejudicado. Do grande ao pequeno, todos que acreditam nessas “pessoas” estão sendo enganados com números mentirosos e por falta de tato ou cuidado, se deixam levar por palavras doces e “mamadas”. Mamadas, palavra forte que descreve exatamente como sobrevivem muitos “canais”.

Uma parceria quando é fechada, com contrato ou somente apalavrada, deve ser boa para os dois lados e em geral, não é!

Disso, uma coisa boa pode ter saído, a ACIPA, que em tese tem o propósito de unir pessoas e marcas para lutar contra essa PL da proibição dos flavorizantes que pode atingir em cheio o que tanto gostamos.

Como eu disse, coisas ruins ensinam! Ensinam as pessoas a não acreditarem em tudo o que veem, principalmente nas redes sociais ou em um meio de comunicação que poderia ser usado para tanta coisa boa e acaba sendo usado de maneira deturpada por pessoas que se auto intitulam empreendedores, empresários, consultores entre tantas outras coisas que são muito mais do que fotos bonitas em momentos oportunos.

Foi unânime que em 2019 o comentário foi de que o mercado está estranho e fraco. Convivemos e encontramos diversas pessoas importantes e todos tem o mesmo discurso, o mercado está ruim.

De bom disso tudo é que podemos ter esperança de que marcas com produtos ruins ou lojistas que apoiam a falsificação serão exterminados do mercado, e isso é ótimo!

Aos poucos, as máscaras cairão uma a uma e veremos a cobrança da vida sobre tais pessoas que encabeçam esse lado ruim da força.

Ao meu ver, podemos deixar de enxergar só a parte ruim, expandir a mente e tentar enxergar o lado bom dos fatos.

Vamos usar 2019 como o ano da cobrança e do aprendizado.

Vamos usar 2019 como a tempestade que vem antes da bonança. Já que mar calmo nunca fez bom marinheiro e quem sobreviveu a essa tormenta com certeza sairá mais forte e resistente as oscilações do mercado (no geral).

Esperamos que 2020 seja o ano da reconstrução, do crescimento dos honestos, da paz e da esperança.

Precisamos trabalhar e torcer para que tudo dê certo e os resultados apareçam, sempre de modo positivo.

Pessoalmente acredito nisso, na melhora!

Vamos lutar juntos com a ACIPA para que tenhamos nosso hobby protegido e restabelecido com as marcas, pessoas e canais sérios e honestos.

Vamos lutar para que apenas verdades sejam ditas e que só os bons vençam, em todos os sentidos.

Se você leu isso e não entendeu, se achou repetitivo ou sem fundamento, sinto muito, ou o seu boleto da vida está próximo ou você não entendeu nada da vida e não faz a menor ideia do seu propósito.

Aos que entenderam e enxergaram as pedradas que tentei dar, parabéns, além de saber interpretar texto você não é um completo babaca por se achar o máximo sem ser nada!

Vamos aguardar a próxima temporada dessa série de suspense que estamos vivendo.

Vamos viver e trabalhar no presente para que o futuro seja próspero.

Não sou dono da verdade, mas deito na minha cama e durmo tranquilo por saber que não enganei ninguém, não atrasei o lado de ninguém. Meu caráter não mudou e nem muda por dinheiro.

Em 2020 vamos trabalhar para crescer de maneira honesta e sustentável, levar experiência para quem lê e convive conosco, experimente fazer isso também.
Não seja um palhaço, não saia falando que trai a namorada ou engana seu sócio como se isso fosse bonito, trabalhe!
De primo rico que não faz nada, o mundo e a internet estão cheios.

Lute para que 2019 não tenha sido o ano do início do nosso fim.

Para finalizar, se você se encaixou em algum parágrafo onde fui negativo, cuidado, sua máscara pode estar perto de cair!

Por: Redação HBE