Fundada em 1901, a Indian Motorcycle ganhou destaque como uma das marcas lendárias americanas e é até os dias de hoje a grande rival da Harley-Davidson. Sua história de sucesso em competições e inúmeras inovações de produtos que contribuíram para o desenvolvimento da indústria de motocicletas, lhe renderam a fama que perdura até os dias atuais.

Hoje sob administração da empresa norte-americana Polaris Industries e finalmente chega as terras tupiniquins, demorou 114 anos, mas chegou!

Três modelos devem desembarcar neste mês por aqui, a Indian Scout, Chief Classic e Chief Vintage.

A Chief Classic e Chief Vintage usarão um grande motor de 1.800 cc V-Twin Thunder Stroke 111. A aposta da marca é que a Scout seja a grande responsável pelo montante das vendas, já que possui o preço mais atrativo dos modelos e motor V-Twin de 1.113 cc de refrigeração líquida e transmissão de seis velocidades. Disponível nas cores vermelho, prata e preto (Indian Red, Silver Smoke e Black Smoke), possui chassi de alumínio forjado com peso reduzido e assento em couro premium.

Já a Chieftain e Roadmaster deverão chegar no primeiro trimestre de 2016, modelos maiores e mais caros que contam com partida sem chave, para-brisa elétrico, cruise control, monitoramento de pressão dos pneus, sistema de áudio com bluetooth, alforjes rígidos à prova d’água, bagageiro traseiro com trava elétrica ativados via controle remoto e assentos em couro premium. Apenas a Roadmaster possui o luxo de aquecimento dual zone nos assentos.

Já a Chief Dark Horse, considerada o segundo modelo mais popular entre os norte-americanos deverá chegar entre o fim de 2016 e começo de 2017.

Os clientes ainda terão a linha de acessórios e vestuário completos da grife Indian. A fabricante terá seus modelos produzidos na fábrica da Dafra, em Manaus.

Agora é aguardar para vermos essas maravilhas rodando no Brasil!

Por: Fabio Vilariño