Salve galera da revista HBE!

Talvez muitos pensem que a base ou vaso do arguile não influencie na sua funcionalidade, mas na verdade essa escolha pode fazer muita diferença na sessão!

Por exemplo, se você tem um arguile grande certamente já percebeu que em bases com o formato ‘sino’, o fluxo da puxada fica mais leve, mais fluído e fácil, o respiro também faz seu papel com maior facilidade.

Mas afinal, qual o motivo? Isso ocorre, pois, o formato interno da base ‘sino’ é estreito e alto, dificultando a movimentação da água causada pela borbulha, deixando a puxada uniforme.

“Ah, então base Jumbo não presta?”. Não vamos ser radicais. As bases Jumbo, assim como as Genies, tem sua funcionalidade.

A Jumbo por ter a parte interna bem espaçosa causa uma grande quantidade de borbulha, deixando a puxada mais barulhenta e um pouco mais pesada. Já as Genies possuem o pescoço muito longo e estreito, e sua base mais larga e baixa. Logo, quando pensamos em funcionalidade, ela é a menos indicada dos três tipos, pois possui a parte interna como a da Jumbo, porém o pescoço fino deixa pouco espaço para a fumaça, tirando assim um pouco mais de funcionalidade.

Mas em contrapartida as Jumbos, por terem maior reservatório de água, deixam a temperatura da fumaça mais fresca durante por maior tempo, já as Genies trazem uma estética bem requintada e diferenciada ao Arguile.

Mas, a melhor base dentre as três sempre será a que mais lhe agrade, seja pela aparência, formato ou funcionalidade. Temos uma vasta variedade de marcas, modelos, tamanhos e cores de bases no mercado brasileiro: simples de vidro, de pvc para os desastrados, de metal egípcias, de cerâmica e até de cristal com acabamento à base de Ouro. Então, escolha a que mais lhe agrada e boa sessão!

Por: Felipe Campanelli