Nada como um bom arguile preparado para desfrutar dos melhores momentos de um dia estressante!

Salve galerinha da revista HBE! Nesta edição explicarei como montar um bom arguile em passos bem simples.

Em primeiro lugar, deve ser feita uma boa higienização dos componentes do arguile (dicas de limpeza na edição anterior).

Em segundo lugar, recomendo colo­carem os carvões para acender, como demora em média 10 minutos, é mais do que o tempo necessário para se pre­parar todo o resto.

Coloque água limpa e pura na base, até que esteja no mínimo 1 dedo acima do tubo de baixo (para maior pressão na puxada, coloque um pouco mais, cuida­do para não exagerar, caso isso aconte­ça, subirá água na mangueira).

Em seguida monte o arguile com seus componentes, menos rosh.

Verifique se todas as passagens de ar do arguile estão vedadas, a entrada de ar falso faz com que ele perca parte da funcionalidade.

Arguile montado, vamos ao rosh!

De preferência coloque a quantidade de essência desejada em um recipiente para manusea-lo da melhor maneira possível, seja em pires ou na palma da mão, com as pontas dos dedos ou com auxílio do garfo solte bem as folhas de tabaco, para que tenha uma queima suave e uniforme. Após isso, espalhe o fumo em toda a cuba do rosh, sem pres­sionar o tabaco, deixando espalhado uniformemente na altura do pino cen­tral. Estique bem o alumínio para evitar que ceda com a pressão da puxada, se isso acontecer, irá travar o fluxo.

Furação – se quiser um arguile mais en­corpado e mais forte, faça poucos furos ao redor da cuba e não leve o furador até o final. Assim você evita de espetar as folhas de tabaco e que elas grudem no alumínio, o que pode gerar gosto de tabaco queimado. Se for fumar em mais pessoas, faça mais furos para que fique uma sessão suave e sem necessitar manusear demais os carvões.

Após a furacão coloque os carvões com todas as faces 100% acesas sobre a borda do rosh, usando de 2 a 4 peças, dependendo do tamanho dos carvões. Aguarde de 3 a 5 minutos para que o tabaco esquente por inteiro, após isso inicie a sessão!

O arguile é para relaxar, seu preparo é um ritual, deve ser feito com calma e atenção, nos ensina a ter paciência e também que quanto mais nos dedica­mos a algo, melhor é o resultado.

Por: Felipe Campanelli