Olá meus caros, tudo bem com vocês? Muita fumaça por aí?
Hoje gostaria de dar minha opinião, e trocar com a de vocês. Quando o assunto é o tamanho do seu setup, isso influencia na sessão? Prós? Contras? Cheguem mais ‘xovenssss’!!!

Indo direto ao ponto, que é minha preferência desde sempre, meu primeiro arguile foi um grande, sírio lindo (que inclusive na edição número 1 da revista conta um pouco da minha história e ele está lá). Setups grandes sempre tiveram meu apreço, antes pela beleza ou por ser maior que os demais, chamar atenção. Claro que tinha minha ‘China Abobrinha’, que encostava comigo na maioria dos lugares, porém, sempre achei que a fumaça vem quente, pelo caminho ser menor do rosh até o vaso, isso sempre me incomodava, por mais que colocasse gelo, sentia a fumaça quente, coisa que não acontece com os grandes (salvo nos dias quentes, na praia embaixo do sol rs).

Talvez o arguile pequeno traga mais fumaça, uma concentração maior ou até mesmo só essa sensação, mas nunca fumei por quantidade de fumaça e sim por sabor e por uma boa sessão. Com o tempo e a evolução no nosso mercado e da indústria, surgiram os arguiles médios, ficando no meio termo, nem grande, nem pequeno. Hoje são os que mais uso, acho prático para levar, usar em casa, em todo lugar. Nele não sinto a sensação de fumaça quente e a quantidade de fumaça pra quem gosta, é igual ou similar aos pequenos!

Hoje temos arguiles de todas as formas, tamanhos e preços, cabe a você escolher o que melhor lhe atende e caiba no seu orçamento, o importante é sempre ter uma boa sessão e aproveitar esse momento!
Abraços e até a próxima ‘xovens’!

Por: Welton ‘Spider’ Neves