Por diversas vezes o nosso mundo já ouviu falar de misturas de fumos que no final trazem algo totalmente novo em questão de sabor. Porém, as sensações podem ser aguçadas de diversas maneiras, com uma boa música, um ambiente diferenciado, uma alimentação, ou até mesmo um toque diferente na montagem do seu arguile. Muitas vezes não nos “ligamos” em relação a tudo isso, até mesmo por serem coisas que são feitas naturalmente na hora de uma boa sessão, mas até mesmo a lavagem e preparação podem mudar o gosto na hora de fumar.

Um ponto interessante pode ser destacado, sendo ele o toque saboroso de misturas do dia a dia. Afinal, quem nunca tomou aquele cafezinho da tarde e não sentiu vontade de fumar, não é mesmo? Muitas vezes sentimos a necessidade de complementar aquele sabor e até mesmo continuar sentindo ele por mais tempo.

Isso se chama “sinestesia”, que nada mais é que a produção de duas ou mais sensações sob a influência de uma só impressão, ou seja, o estímulo de um sentido cause reações em outro, criando uma salada sensorial entre visão, tato, audição, paladar e olfato (que são os mais importantes).

Agora sabendo de tudo isso e um mix de informações sobre o que pode acontecer na sua shisha, com certeza sua percepção de uma boa sessão irá mudar, como a nossa também mudou.

Aquele momento que antecede a reunião do pessoal para fumar, e muitas vezes o final de semana, para nós, tem sabor de mentolado, doce ou mesmo cítrico. Isso é, depende do momento que estamos vivendo e nossa vontade de fumar.

Agora, quando estiver fazendo sua sessão, sozinho ou com amigos, quantos sentidos você aguçou pra ter aquele prazer?

Por: Hookah Drink