É normal alguém que nunca viu um arguile na vida perguntar “pra que serve esse negócio aí de fazer fumaça? Dá barato?”. E existem milhares de formas para responder essa pergunta, uma das minhas respostas preferidas é: “pra se comunicar melhor”.

Quantas vezes você já preparou um rosh pra fumar com outra pessoa e passaram horas conversando sobre qualquer assunto sem ver o tempo passar? E não, não dá barato. Fumamos arguile pelo mesmo motivo que pessoas bebem cerveja. Ele apenas quebra uma barreira de tensão entre duas pessoas que, ao compartilharem uma boa sessão, estão facilmente mais dispostas a compartilhar ideias. É como ligar um cronômetro de 1h, fumar e deixar a conversa fluir. O papo tá bom? Emenda outra sessão.

Culturalmente o arguile é oferecido para os convidados após o almoço. Recusar é falta de educação e ir embora antes da sessão acabar é inadmissível. Essa cultura vem sendo disseminada no Oriente Médio há 400 anos dessa forma. O segredo é ter seu aroma preferido, tempo e uma boa companhia.

Por: Eduardo Macário