Não amigos este não é mais um post chato, mas necessário, para falar de quem faz mais mal. Vou falar da arrogância que nós do arguile temos com os fumantes de cigarro que estão na dele, fumando e não incomodando ninguém e sem nos julgar pelo nosso hobby.

Vamos refl etir, quando pedimos para conhecer mais e menos preconceito, será que nós não nos tornamos algozes de uma petulância e prepotência por nos acharmos melhores que os outros?

Sabe, eu mesmo em rolê sinto falta da nicotina, confesso que fumo cigarro, coisa que abominei muito tempo. Mas vejo o nosso mundinho sendo muito mais arrogante e não vivendo o que prega. Vejo olhos de reprovação num encontro de arguile, ou até mesmo numa roda num bar, com ares de superioridade, como se fossemos melhores por fumar arguile.

Aprendam, arguile faz mal e cigarro também!

Então por que não chamar nosso amigo que fuma cigarro, ou um desconhecido pra fumar com a gente? Não sei se sabem, mas há alto índice de pessoas que fumam arguile e largam o cigarro logo em seguida, pois a vontade de fumar é bem suplantada.

Será que não está na hora do povo parar com essa arrogância de ‘afff carvão de pólvora da câncer, cigarro não presta, charuto’.

Vamos respeitar o outro do mesmo jeito que pedimos respeito ao amigo que fala que arguile é pior que 100 cigarros, ou que faz mais ou menos mal.

Pensar é muito mais complicado que julgar, por isso poucos os fazem.

Você não está sendo melhor que ninguém, agindo com preconceito!

Por: Giancarlo Signore