Estava escrevendo, escrevendo, o assunto era até outro!

Aí veio a vontade de simplesmente agradecer. Então por que não agradecer pelos momentos, amigos e oportunidades que o arguile me trouxe?

Um post piegas, nada a ver (a coluna é minha…rs) mas vamos pensar o que era nossa vida antes e depois do arguile. Já parou para pensar? Quantos relacionamentos comerciais, afetivos ou amorosos-afetivos surgiram?

Então esse post é para agradecer pelos amigos que fiz, pelos lugares que conheci, pelos papos que tive (alcoolizado ou não) e principalmente pelos negócios que foram criados.

Sou grato, pois mesmo não estando diretamente no meio, vejo quantas tabacarias foram criadas, lounges, vendedores, revendedores e produtos. O Brasil é quase independente no ramo.

O Journal of Applied Sport Psychology em estudo publicado em 2014 mostra que a gratidão aumenta a autoestima e o desempenho de atletas. Outros estudos apontam que pessoas gratas, ao se comparar com outras, não sentem inveja ou ressentimentos e são mais capazes de apreciar e reconhecer as realizações dos outros.

Só tenho a agradecer pela vibe maravilhosa, pela energia deliciosa que foi espalhada na atmosfera, por cada abraço, sorriso, cada sessão, cada momento de alegria!

Grandes pensadores e mestres sempre nos mostraram o caminho da gratidão como um de seus principais ensinamentos: Einstein, Dostoievski, Osho, Airton Senna, entre outros.

A gratidão amplia relacionamentos; melhora a saúde física, mental e autoestima; aumenta a empatia e reduz a agressividade; melhora o sono; e equilibra a mente.

Lógico que obrigado ao crew da HBE! Namastê!

Por: Giancarlo Signore